o meu cesto
Carrinho encontra-se vazio de momento
Total
Artigo AVM - Revista Advocatus - Junho 2022 0
Artigo AVM - Revista Advocatus - Junho 2022 1
27 junho 2022

As Novas Formas de Trabalho nas Sociedades de Advogados

O painel "As Novas Formas de Trabalho nas sociedades de advogados" contou com a participação de António Vicente Marques, managing partner da AVM e Francisco Goes Pinheiro, advogado coordenador. Num painel relativo às novas formas de trabalho nas sociedades de advogados, António Vicente Marques, managing partner da AVM Advogados, e Francisco Goes Pinheiro, advogado coordenador da AVM, analisaram o panorama atual e deixaram algumas notas para o futuro. A moderação ficou a cargo de Frederico Pedreira, jornalista do ECO/Advocatus.

 

Sobre a adaptação do setor ao teletrabalho e à pandemia, Francisco Goes Pinheiro começou por sublinhar que dois anos e meio depois do início da pandemia a realidade mudou de forma “incontornável”. “A forma como hoje prestamos o trabalho não pode seguir um regime fixo e rígido a que estávamos sujeito a um cenário pré-pandemia. Neste momento já existem vários modelos a serem adotados por diferentes sociedades de advogados. Algumas adotaram um regime híbrido, outras de banco de horas”, considerou.

 

António Vicente Marques explicou que o ideal é criar um modelo que permita ter pessoas felizes na família e no trabalho, sendo estas duas dimensões essenciais. “Mas muitas das vezes o ideal não existe. Ou seja, o que fazemos são esforços para nos aproximarmos o mais possível. O que é necessário, quer das organizações, quer dos colaboradores, é bom senso”, notou.

 

Relativamente ao tema da semana de trabalho de quatro dias, Francisco Goes Pinheiro apresentou um estudo da Hays que demonstrou que 98% dos inquiridos são recetivos à adoção deste modelo, mas que apenas 63% acredita que vai ser implementado na generalidade. “A semana de quatro dias tem de ser adotada com alguma parcimónia e bom senso. Porque na verdade não nos podemos esquecer que estamos a prestar um serviço e que o nosso cliente não quer saber se realizamos o nosso trabalho em casa ou no escritório”, acrescentou.

 

Para o managing partner da AVM, António Vicente Marques, existe um desafio central no setor da advocacia nos próximos tempos, a multidisciplinaridade. “Temos de acabar com a hipocrisia e temos de permitir aos advogados que o assim entendam poder concorrer com igualdade de armas com outras sociedades profissionais, que praticam atos próprios da profissão, toda a gente assobia para o lado e penso que a Ordem não tem feito aquilo que lhe compete”, sublinhou.

 

 

TEXTO FREDERICO PEDREIRA | FOTOGRAFIA HENRIQUE CASINHAS | ADVOCATUS JUNHO 2022 - ARTIGO ONLINE COMPLETO | VERSÃO PAPEL

 

Partilhe este artigo nas redes sociais